Getronics é reconhecida no Quadrante Mágico do Gartner para Serviços de Workspace, Europa

Avaliação com base na Visão Geral e Capacidade de Execução

A Getronics, fornecedora global líder em serviços de Workspace com cobertura em mais de 100 países, anunciou hoje que foi nomeada pelo Gartner como “Niche Player” no Quadrante Mágico de janeiro de 2018 para Managed Workplace Services, na Europa.

“Estamos muito satisfeitos pelo reconhecimento no Quadrante Mágico 2018 da Gartner para os Serviços de Workspace na Europa”, disse Nana Baffour, Presidente e CEO do Grupo da Getronics. “Na Getronics, estamos determinados a nos tornar um fornecedor líder em transformação digital com foco em clientes felizes. O nosso portfólio de workspace e o foco na inovação, em combinação com as capacidades da Global Workspace Alliance (GWA), são fundamentais para atingir esse objetivo. A Getronics está passando por um momento muito empolgante e estamos muito satisfeitos em ter a confiança dos nossos clientes nesta jornada “.

O objetivo da Getronics é tornar-se uma empresa de US$1b até 2020 com métricas de porcentagem de rentabilidade de dois dígitos. Em novembro, a Getronics anunciou o rebranding da Connectis Iberia e uma maior integração entre as empresas, sinalizando visão conjunta na entrega de soluções e serviços inovadores de transformação de negócios para seus clientes.

A Getronics é um dos principais membros da Global Workspace Alliance. Na Europa, a Getronics fornece serviços de trabalho gerenciado em parceria com a Tecnocom na Iberia, SPIE ICS na França e na Suíça, Centric na Holanda, NSC na Itália, Infocare in the Nordics e S&T na Europa Oriental. Juntos, os parceiros da GWA estão fortemente posicionados para atingir médios e grandes negócios com uma marca Pan-europeia.

No relatório do Gartner, 15 provedores no mercado de serviços gerenciados de Workspace foram avaliados com base na capacidade de execução e integridade de visão.

Fonte: Gartner, “Magic Quadrant for Managed Workplace Services, Europe” David Groombridge, Claudio Da Rold, Federica Troni, Nikos Drakos, 3 January 2018.

Aviso legal: o Gartner não endossa nenhum vendedor, produto ou serviço descrito em suas publicações de pesquisa e não aconselha os usuários de tecnologia a selecionar apenas os vendedores com classificações mais altas. Os resultados consistem nas opiniões da organização de pesquisa do Gartner e não devem ser interpretadas como declarações de fato. O Gartner renuncia a todas as garantias, expressas ou implícitas, em relação a essa pesquisa, incluindo quaisquer garantias de comercialização ou adequação para um propósito específico.

 

Sobre a Getronics:

A Getronics é um integrador global de TIC com uma extensa história que se estende por mais de 130 anos e é de propriedade maioritária da Bottega InvestCo S.à r.l.

Com cerca de 4.500 funcionários, 45 escritórios em 22 países em toda a Europa e Ásia-Pacífico, e na América Latina sob a marca Connectis, a Getronics têm renomada capacidade e experiência em serviços de Workspace, aplicativos, UC&C e Managed Cloud para fornecer uma portifólio completo aos seus clientes.

A Getronics é o membro líder da Global Workspace Alliance, um modelo único que oferece aos clientes serviços de TI consistentes em 100 países, com um único ponto de contato e cobrança. A GWA administra 10 milhões de ativos do espaço de trabalho globalmente. www.getronics.com

Sobre o Global Workspace Alliance:

A Global Workspace Alliance (GWA) é um consórcio de principais fornecedores de TI estrategicamente localizado em mais de 100 países em todo o mundo, trabalhando em conjunto para fornecer soluções de suporte e workspace para empresas globais.

Com a Getronics como membro principal e com suporte pró-ativo, soluções personalizadas, focadas no usuário e suporte contínuo no local, a GWA contribui para a produtividade e a satisfação dos funcionários dos nossos clientes, permitindo que nossos parceiros ofereçam o melhor serviço possível, tanto internamente para o negócio e externamente para seus clientes globais. www.workplacealliance.com

Com o patrocínio do GRUPO CIMCORP, GETRONICS e CONNECTIS, a PRODEMGE lança a primeira Sala de Inovação do Governo de Minas Gerais

Projeto pioneiro da Prodemge une um grupo de empresas líderes do mercado de tecnologia da informação para criar um espaço de fomento à inovação

 

Belo Horizonte, 21 de dezembro de 2017 – A Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge) está celebrando seus 50 anos de atuação em todo Estado. Como parte das comemorações, realiza o lançamento da primeira Sala de Inovação de Minas Gerais, localizada na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves (CAMG). A iniciativa, inédita no Estado, é mais uma ação do governo mineiro no estímulo à inovação. Inovar é um dos pilares para que empreendimentos e projetos atinjam sua máxima eficiência e longevidade. As ideias criativas no mundo globalizado devem refletir em inovações sustentáveis e promissoras no setor de serviços que alcancem benefícios à sociedade e aos cidadãos.

A empresa vencedora do Chamamento Público foi a Cimcorp Comércio e Serviços de Tecnologia de Informática, que atua no Brasil através da marca Grupo Cimcorp e que trouxe, também, para o projeto outras empresas do grupo: A Getronics, umas das líderes mundiais em ICT Services e a Connectis, marca utilizada para atuação na América Latina. O Grupo Cimcorp participará do Grupo de Gestão da Sala de Inovação e terá papel ativo, junto com as empresas do grupo, no fomento de solução inovadoras em tecnologia da informação.

A sala funcionará como um espaço para o desenvolvimento de projetos de inovação identificando oportunidades de novos produtos, serviços e processos. É uma estrutura pensada para favorecer o processo de ideação, prototipação e implantação de projetos de forma mais rápida e assertiva, reduzindo o tempo de levar novidades ao mercado.

Com esta iniciativa conjunta com a Prodemge, o Grupo Cimcorp, Getronics e Connectis consolidam, de forma definitiva, sua visão inovadora em Tecnologia da Informação como uma ferramenta de transformação da sociedade.

Sobre o Grupo Cimcorp: Um dos dez maiores integradores de TI&C do Brasil, oferece soluções inovadoras em networking, datacenter, cloud computing, UC&C e workspace. Com mais de 600 colaboradores e 3.000 clientes atua em todo o território nacional e tem como missão ajudar seus clientes na jornada da Transformação Digital.

Sobre a Getronics: Getronics é um grupo integrador de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação, composto pelas marcas Getronics e Connectis. Com uma extensa história que se estende por mais de 125 anos, a família Getronics tem aproximadamente 4.500 funcionários distribuídos em 22 países pela Europa, Ásia Pacífico e América Latina, sendo responsável por um completo portfólio de serviços de integração de tecnologia da informação e comunicação com trabalhos em diferentes empresas dos setores público e privado. Isso inclui Workspace Management, Applications, Unified Communications, Data Center, Cloud, Consulting, Partner Technology, Managed Services e Security. A Getronics é um dos principais membros da Global Workspace Alliance,  um modelo único que oferece aos clientes um serviço de TI consistente em todo o mundo, com um único ponto de contato e entidade de cobrança, entregando serviços para mais de 110 países.

O Grupo Cimcorp no Fortinet Cybersecurity Summit (FCS17)

No dia 19 de outubro, o Grupo Cimcorp participou do evento do parceiro Fortinet – Cybersecurity Summit, que ocorreu em São Paulo. Na ocasião, foi debatido como a superação de desafios em tecnologia, a partir da cibersegurança, garante a sobrevivência da organização.

Confira algumas fotos do evento aqui:

O Grupo Cimcorp agora é parceiro do Instituto Dom Bosco

O Instituto Dom Bosco, uma obra 100% social, que conta com o apoio da Prefeitura do Município de São Paulo – Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social, da inciativa privada e admiradores do trabalho desenvolvido em prol da juventude, agora é também parceiro do Grupo Cimcorp.

Responsável por atender centenas de famílias de baixo poder aquisitivo com serviços gratuitos, o Instituto está apoiando e encaminhando jovens aprendizes para ingressarem no mercado de trabalho junto ao Grupo Cimcorp. Este é o início de uma parceria que, além de integrar os jovens e abrir opções de trabalho a eles, tem como objetivo expandir a corrente do bem do Instituto com a sociedade por meio de ações conjuntas à companhia.

Grupo Cimcorp dá boas-vindas aos novos colaboradores alocados no cliente TRF 1, em Brasília

O Grupo Cimcorp começa a atuar junto ao TRF 1, em Brasília (DF), para contrato de Service Desk e On site Support, com duração nos próximos 30 meses. Ao todo, 13 colaboradores foram contratados para trabalharem alocados no cliente e, para as boas-vindas, todos foram recebidos com um café da manhã explicativo, com a apresentação da estrutura do Grupo e demanda de entrega esperada. Estiveram presentes também Maria Aparecida de Sousa Mendes (gestora do contrato), Luiz Alberto Lima da Costa (gestor de infraestrutura) e Wellington Machado Ribeiro (servidor da DIATU).

O Grupo Cimcorp marca presença no evento da PureStorage

O Grupo Cimcorp e clientes da filial São Paulo participaram do evento Pure Live do parceiro PureStorage, realizado no Restaurante Figueira Rubaiyat no dia 30 de agosto.

Na ocasião, discutiu-se como a plataforma de dados pode ajudar na preparação para a Era da Nuvem de aplicativos e Big Data.

Confira aqui algumas fotos do evento:

Liderado por Nana Baffour, Presidente & CEO do GRUPO CIMCORP, grupo de acionistas concretiza a aquisição da GETRONICS por € 220 milhões

Post Facebook-01

O CEO & Presidente do GRUPO CIMCORP lidera grupo de acionistas e assume o controle das operações da GETRONICS a nível global, incluindo a marca CONNECTIS na América Latina e Brasil

São Paulo, 06 de julho de 2017 – O Presidente & CEO do GRUPO CIMCORP, Nana Baffour, juntamente com um grupo de acionistas, liderou a aquisição das operações da GETRONICS em nível global, incluindo a CONNECTIS, marca responsável pela atuação da empresa na América Latina e Brasil. A operação contou com prestigiados parceiros financeiros incluindo: White Oak Global Advisors, Permira PDM, H.I.G. WhiteHorse, Investec PLC e com o investidor estratégico Servest Limited. A transação foi assessorada pelo banco de investimentos Raymond James e os escritórios CMS – Cameron McKenna Nabarro Olswang LLP, Lang Business Law, Demarest Advogados e Nautah Dutilh.

Com esta aquisição, Nana Baffour passa a ser o Chairman & Chief Executive Officer da GETRONICS e a comandar uma estrutura com mais de 4.500 colaboradores, 3.000 clientes, receita anual acima de  €500 milhões  (R$ 1,8 bilhão) em 2016, com escritórios na Alemanha, Argentina, Bélgica, Brasil, Chile, Cingapura, Coréia do Sul, Espanha, Filipinas, França, Holanda, Hungria, Itália, Índia, Luxemburgo, Malásia, Portugal, Reino Unido, Taiwan e Tailândia e presença em 100 países de forma coordenada e com padrões únicos de prestação de serviços  por meio da rede GWA – Global Workspace Alliance, que conta com 11 parceiros internacionais.

Com soluções voltadas para Workspace Management, Managed Cloud, UC&C, Network e Applications, a GETRONICS é um dos grandes players mundiais e esta aquisição fortalece a proposta de valor das soluções do GRUPO CIMCORP e abre importantes oportunidades de atuação conjunta no Brasil e na América Latina.

O GRUPO CIMCORP e a GETRONICS/CONNECTIS continuarão com as respectivas gestões independentes, no entanto, as sinergias entre as duas operações permitirão, no futuro próximo, levar ao mercado soluções cada vez mais alinhadas com as tendências globais de negócio.

Para Rogério Dias, EVP & COO do GRUPO CIMCORP, “esta aquisição nos coloca em uma posição de destaque dentre os maiores players do mercado e consolida nossa estratégia de expansão”. “Demos um importante passo rumo à internacionalização de nossas operações e na criação de uma plataforma de negócios robusta para continuarmos nossos planos de expansão no mercado de TI&C”, diz Nana Baffour.

Sobre o Grupo Cimcorp: O Grupo Cimcorp, formado pelas empresas Damovo, Getronics e Sopho no Brasil, é um dos dez maiores integradores de Tecnologia da Informação e Comunicação do país. Oferece aos clientes soluções inovadoras em network, data center, cloud computing, UC&C e workspace management. Tendo atuação em todo o território nacional, o Grupo Cimcorp conta com mais de 650 colaboradores e 3.000 clientes e tem a missão de ajudar empresas em suas jornadas rumo à transformação digital, auxiliando-as a enfrentar os desafios de um cenário de negócios cada vez mais competitivo, levando em consideração os impactos que este vem causando nas prioridades de TI&C das organizações por meio de uma plataforma de negócios inovadora, voltada às demandas da terceira plataforma.

Sobre a Getronics: Getronics é um grupo integrador de Serviços de Tecnologia da Informação e Comunicação, composto pelas marcas Getronics e Connectis. Com uma extensa história que se estende por mais de 125 anos, a Getronics tem aproximadamente 4.500 funcionários distribuídos em 22 países pela Europa, Ásia Pacífico e América Latina, sendo responsável por um completo portfólio de serviços de integração de tecnologia da informação e comunicação com trabalhos em diferentes empresas dos setores público e privado. Isso inclui: Workspace Management, Applications, Unified Communications, Data Center, Cloud, Consulting, Partner Technology, Managed Services e Security. A Getronics é um dos principais membros da Global Workspace Alliance, um modelo único que oferece aos clientes um serviço de TI consistente em todo o mundo, com um único ponto de contato e entidade de cobrança, entregando serviços para mais de 100 países.

 

Contato Grupo Cimcorp:

Gilberto Caparica Neto

Diretor Executivo

Marketing & Inovação

gilberto.caparica@grupocimcorp.com

+55 11 9 7558-1818

A REALIDADE VIRTUAL USADA PARA SALVAR VIDAS

Blog - A REALIDADE VIRTUAL USADA PARA SALVAR VIDAS-01

por Valerie Brosseau

A tecnologia pode ser vista através das lentes de vários segmentos. Ela liga-se a diversos setores e informa tendências, prevendo o futuro. A saúde é um setor onde a tecnologia e a inovação são vitais. Os avanços médicos muitas vezes são acompanhados ou mesmo guiados pelo progresso tecnológico. Há várias novas tecnologias sendo usadas na saúde, mas uma em especifico é especialmente interessante e inesperada.

O que vem à mente quando a tecnologia de realidade virtual é mencionada? Talvez os vídeo games, ou a simulação de voo? Mesmo que estes dois sejam contextos comuns em que a realidade virtual é inserida, ela se torna cada vez mais proeminente na indústria de saúde. Em 1º de junho deste ano, a primeira conferencia dedicada à realidade virtual na saúde foi realizada na Universidade George Washington. Especialistas em tecnologia, bem como profissionais de saúde, reuniram-se para compartilhar conhecimento e para discutir como a realidade virtual tem ajudado e continuará ajudando pacientes e prestadores de cuidados.

Cirurgiões na Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) estão começando a usar a realidade virtual para melhorar os resultados das suas cirurgias. Desde os anos 90, as escolas de medicina do Brasil começaram a aumentar seu interesse em simulações como forma de ensino. Mais recentemente, a FMUSP criou um laboratório com simuladores de realidade virtual nos quais os cirurgiões podem praticar procedimentos. Pela simulação de condição dos pacientes, aprendem a realizar as mesmas ações que seriam realizadas num paciente. Isto significa que eles podem familiarizar-se com o procedimento e com suas dificuldades.

Em outras partes do mundo, avanços semelhantes estão sendo feitos. Neurocirurgiões em UCLA estão começando a usar a realidade virtual para suas cirurgiãs. A realidade virtual esta permitindo que eles recriem o cérebro numa imagem tridimensional complexa e para depois praticar suas cirurgias trabalhando nas mesmas estruturas do cérebro. Ambientes cirúrgicos virtuais estão sendo utilizados também para instruir estudantes e familiariza-los com as situações que encontrarão todos os dias em seu trabalho como médicos.

            A tecnologia é aplicável a varias áreas, mas a união entre a tecnologia e saúde é especialmente empolgante, pois pode mudar e salvar diversas vidas.

APRENDA A APRENDER COM A TECNOLOGIA

Blog - APRENDA A APRENDER COM A TECNOLOGIA-01

por Eric Ventura

Vivemos em uma época em que não podemos nos queixar da falta de conhecimento. Qualquer assunto que não conhecemos, prontamente recorremos à tecnologia para sabermos alguma coisa a respeito. É extremamente normal em nossa era buscarmos informações nas ferramentas de busca online e na internet como um todo. Encontramos de tudo, relatos, livros, videos, comentários e muito mais sobre o assunto pesquisado. Mas viver em um mundo de conhecimento não deveria nos fazer ser mais eficientes e tornar o conhecimento mais elevado? Será que tanta tecnologia e informação podem estar nos travando?

Em muitos relatos, o conhecimento é representado como água e/ou mar de conhecimento, que nos guia para um certo caminho. Suponhamos que você está em uma piscina e decide que quer chegar a outra ponta, enchendo os pulmões de ar, esforçando-se para alcançar a outra parte. No meio da piscina nota que muita água está te deixando cansado e você decide parar para descansar. Ao ficar parado em meio a tanta água você tem algumas opções:

  • Sair da piscina e desistir de onde parou
  • Voltar para descansar onde der pé
  • Seguir em frente utilizando o conhecimento e aplicar o esforço necessário

Estas opções nos mostram como as pessoas encaram o “mar de conhecimento” que temos hoje por meio da tecnologia e da internet.

Pessoas desistem de obter o conhecimento e simplesmente saem da água por não mais se esforçarem em entender o que poderiam fazer para se aprofundar ou para seguir para alguma direção de sucesso. Isso, muitas vezes, acontece por enfrentarmos algum desafio que pensamos não conseguir superar ou que poderemos resolver em outra ocasião. Essa decisão, do que fazer, nos mantêm, muitas vezes, presos no mesmo local.

Aquele que sempre volta para descansar nunca tem o conhecimento maior do que o já obtido por repetidas vezes. Ao descansar, o indivíduo cai na própria armadilha do tempo e conhecimento. Depois de algum tempo tenta enfrentar as águas e acaba se cansando e parando no mesmo lugar.

Portanto, a única opção viável seria utilizar o conhecimento adquirido até o momento e aplicar o esforço necessário para atingir o objetivo.

Essa pequena metáfora nos mostra que, para atingirmos o conhecimento do que queremos com a tecnologia a nossa disposição, pode ser um real desafio. Você poderia aprender muitas coisas com a tecnologia disponível, esse conhecimento poderia te fazer aprender um idioma, como cozinhar, cantar, dançar, construir coisas, aprender como avançar a própria tecnologia, entre outras coias… Mas, a nossa atitude em meio a tanta água pode nos fazer tomar as decisões citadas anteriormente. Normalmente as decisões tomadas são as duas primeiras.

O que podemos fazer para tomar a opção mais correta e nos tornarmos eficazes utilizando a internet e a tecnologia a nosso favor?

Como na metáfora apresentada, precisamos aprimorar os nossos conhecimentos adquiridos e aplicar esforço em nossas falhas para conseguirmos ser completos e completar nossa tragetória. Completar para ser completo, expressão que soa boba mas que hoje muitos não entendem o real significado. É certo que alguém poderia nos ajudar a chegar ao outro lado da piscina, assim como a tecnologia pode nos ajudar a ser completos em conhecimento. Mas se esta pessoa não soubesse nadar muito bem, conseguiríamos chegar a outra ponta?

As tecnologias nos auxiliam em muito ao aprender, mas utilizar a ferramenta inadequada, incompleta ou incorreta não nos tornaria completos e nem nos ajudam. Como mencionado na frase de Confúcio é necessário pensar (meditar) no que aprendemos ou nossos esforços seriam em vão, por outro lado, se pensarmos sem nada tirar de proveito pode ser prejudicial.

  • Como pensar nos ajuda a obter êxito?

Pensar nos faz ter um objetivo, nos faz meditar sobre o que somos, o que sabemos e onde queremos chegar.

Estamos passando por uma era de transformação tecnológica e todas as empresas do mundo estão pensando no que devem realizar para se adequar a esta disrupção digital. Se uma empresa tem que parar e pensar para se readequar, reanalisar e reinventar, por que nós não deveríamos pensar? Afinal, não são pessoas que estão pensando para estas empresas?

Uma vez que você sabe da importância do pensar e aprender com objetivos, em que você deve pensar e como a tecnologia poderia te ajudar a se tornar completo?

Ao reconhecer o seu entendimento e limitações você será capaz de utilizar a tecnologia a seu favor. Utilizando o exemplo de aprender um idioma:

  • Em que nível de conhecimento do idioma você se encontra?
  • Consegue falar, ler e/ou escrever?
  • Tem algum bloqueio?
  • Se tem bloqueios, quais seriam estes?

Trabalhar e reconhecer esses fatores pode ser um desafio, mas para isso poderemos utilizar a tecnologia a nosso favor. Aplicativos que nos ajudam a compreender melhor um novo idioma poderão ser utilizados e com foco no que pensou (meditou) poderá fortalecer as suas fraquezas.

Pesquisar materiais na internet e maneiras de aprendizado, metodologias e mídias, podem auxiliar na chegada a outra “parte dessa grande piscina”.

Seus esforços serão recompensados se utilizar a tecnologia de um modo que te leve a alcançar seus objetivos. Se achar que o “mar de conhecimento” a ser atravessado é muito grande, conquiste-o pouco a pouco. Lembre-se: o campeão conquista a piscina a cada braçada!

Busque ferramentas que te auxiliem e não se deixe empacar ou desistir, se aprender a dominar o conhecimento e a tecnologia, você terá o poder de construir e reconstruir o aprendizado de modo a ser uma pessoa inovadora e alcançará plenitude.

OS 10 PRINCIPAIS “BREAKTHROUGH” TECNOLÓGICOS DO ANO

OS 10 PRINCIPAIS “BREAKTHROUGH” TECNOLOGICOS DO ANO-01
por Antonio Fonte

A expressão inglesa “breakthrough” significa avanço, desenvolvimento ou aumento significativo ou repentino no conhecimento que elimina uma barreira ao progresso. A edição de abril de 2017 da MIT TECHNOLOGY REVIEW publica sua já tradicional lista anual “10 Breaktrough Technologies”. São:

1) MACHINE LEARNING SYSTEM, uma abordagem para Inteligência Artificial que permite ensinar computadores sem programação explicita. IMPORTANCIA: Torna viável o desenvolvimento de aplicações complexas de AI para veículos autônomos, cybersecurity, medicina, etc.; DISPONIBILIDADE: JÁ

2) CAMERAS DE 360º, câmeras para consumidor que produzem imagem de 360º; IMPORTANCIA: fotos e vídeos de 360º podem se tornar no novo padrão de imagem e vídeo; DISPONIBILIDADE: JÁ

3) GENE THERAPY 2.0, terapia para reparo de genes defeituosos; IMPORTANCIA: cura potencial de milhares de doenças causadas por erros genéticos; DISPONIBILIDADE: JÁ

4) BOTNET OF THINGS, “malware” como o Mirai instalável em webcams e outros eletrônicos inteligentes para gerar ataques em massa na internet. IMPORTANCIA: Alto potencial de disrupção das redes de dados; DISPONIBILIDADE: JÁ

5) RECONHECIMENTO FACIAL preciso para uso em transações financeiras e segurança; IMPORTANCIA: Método conveniente de identificação; DISPONIBILIDADE: JÁ

6) COMPUTADORES QUANTICOS, computação baseada em mudança de estado quântico; IMPORTANCIA: Sistemas para problemas de inteligência artificial que serão centenas ou milhares de vezes mais rápidos que os atuais; DISPONIBILIDADE: 4 anos

7) ATLAS CELULAR HUMANO, Base de Dados descrevendo completamente cada tipo de célula do corpo; IMPORTANCIA: Modelo preciso da fisiologia humana para acelerar descoberta, testes e fabricação comercial de novos medicamentos; DISPONIBILIDADE: 5 anos

8) CAMINHOES INTELIGENTES, que viajam com direção autônoma por longos trechos de estrada; IMPORTANCIA: Aumento da produtividade e segurança na operação do veículo; DISPONIBILIDADE: 5 anos

9) HOT SOLAR CELLS, células fotovoltaicas com o dobro da eficiência das atuais; IMPORTANCIA: transforma a energia de fonte solar na mais barata entre as atualmente disponíveis; DISPONIBILIDADE: 10 anos;

10) NEURAL BYPASS, interfaces “wireless” implantáveis em humanos para reconectar fibras nervosas; IMPORTANCIA: Esperança de cura para vítimas de paralisia devido a acidentes ou ferimentos por armas de fogo; DISPONIBILIDADE: 15 anos.